Estrutura para carros elétricos já é realidade em lançamentos imobiliários no ES

Fonte: agazeta.com.br

Mercado imobiliário busca atender demanda cada vez mais crescente por espaço para esse tipo de veículos na garagem

No mercado automotivo, os carros eletrificados – elétricos, híbridos plug-in e híbridos – já são uma realidade cada vez mais crescente. Dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) apontam que houve um aumento de 77% do segmento em 2021 com relação ao ano anterior, totalizando 34.990 unidades. Diante desse novo cenário, a necessidade de ter um espaço onde carregar o veículo tem se tornado cada vez mais crescente.

Acompanhando essa demanda, o mercado imobiliário começa a ter lançamentos mais frequentes pensando nos futuros moradores que possuem ou irão comprar um veículo eletrificado. Um exemplo é o The View, da Construtora Abaurre, na Mata da Praia, em Vitória, que tem como projeto unir tecnologia com arquitetura moderna e sustentável.

“Nós chamamos de ‘vaga verde’. Cada morador tem direito a três vagas, e uma delas é preparada para o carregamento do carro elétrico. Percebemos que faz diferença para o futuro morador, que certamente busca o que há de mais moderno no mercado e sente mais confiança ao comprar uma unidade em um condomínio já alinhado com essas novas tecnologias”, explica a diretora e arquiteta da Construtora Abaurre, Letícia Abaurre.

Outra construtora de olho e que promete levar a nova tecnologia para a porta da casa dos capixabas é a CG Engenharia, com o lançamento AM100 – Edifício Alice Madeira, que também está sendo construído na Capital com preparação para receber veículos elétricos.

“Essa é uma tendência mundial. Esse foco de sustentabilidade veio para ficar. Por isso, já pensamos nessa possibilidade desde o projeto inicial do condomínio. Com o passar dos anos, o morador que adquirir um veículo elétrico pode ter mais comodidade na hora de entrar e sair de casa e esperamos que a demanda aumente com o tempo”, conta a diretora de Incorporação da CG Engenharia, Flávia Gimenes.

Outro lançamento com conceitos de sustentabilidade é o Landscape, da MZI e Empar, em parceria com a Metron, na Enseada do Suá. Além do conceito biofílico presente em todas as áreas, o projeto agrega diferentes espaços e itens de conveniência para facilitar o dia a dia dos moradores, como pontos para carregar carro elétrico.

“São empreendimentos pensados para um público que busca soluções inteligentes para atender as necessidades da vida moderna, como local para carregar carro elétrico, guarda-entrega, automação dos apartamentos, entre outros itens. No Landscape, por exemplo, teremos pontos de carregamento de carro elétrico na garagem para todos os apartamentos, de forma individualizada, já conectada diretamente à energia de cada unidade”, reforça a diretora da MZI, Rachel Menezes.

TENDÊNCIA QUE VEIO PARA FICAR

Segundo o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi-ES), Eduardo Fontes, essa é uma tendência muito forte e que veio para ficar. O Estado tem aumentado a quantidade de pontos de recarga, assim como cresceu a quantidade de carros elétricos nas ruas e nas garagens. Então, essa movimentação das empresas do mercado imobiliário tem acompanhado a tendência.

“Inicialmente, vemos esse tipo de vaga com mais frequência nos lançamentos de empreendimentos de alto padrão. As construtoras buscam entregar o imóvel de acordo com as expectativas dos futuros moradores. É mais uma facilidade oferecida para os futuros ocupantes do empreendimento. Essa é uma tendência que não tem mais volta”, observa.

Para o CEO da De Castro, Leandro Canal de Castro, os compradores veem com muito valor a possibilidade de ter uma vaga para recarga de veículos elétricos no condomínio, ainda mais quando esta faz parte do projeto. No entanto, na avaliação dele, este ainda não é um item decisório de compra.

“A não ser em ocasiões de empreendimentos equivalentes, onde apenas um tem vaga para recarga. Mas é uma forma de valorização do imóvel. Tanto na sensação de que a pessoa está em um imóvel com mais recursos quanto o preço de venda ou revenda”, avalia.

E CONDOMÍNIOS QUE NÃO TÊM VAGAS?

Se os novos empreendimentos estão buscando acompanhar as tendências do mercado, os condomínios que já estão em funcionamento também podem se atualizar. Os veículos 100% elétricos precisam ser recarregados em uma tomada preparada especificamente para essa finalidade.

Segundo a engenheira especialista em carros elétricos na SolarMaxxi, Aline Santos, instalar um carregador de carro elétrico precisa de todo um estudo antes disso ser feito para evitar problemas futuros como roubo de carga elétrica, apagões e até mesmo incêndios.

“Existe uma norma técnica exclusiva para a instalação de carregadores de carros elétricos. O ideal a se fazer é contratar uma empresa que trabalhe com esse tipo de instalação, que terá um corpo técnico de engenheiros para analisar pontos como projeto elétrico do condomínio, se está compatibilizado com a situação atual, se vai haver aumento de carga e assim por diante”, destaca.

EMPREENDIMENTO COM VAGA PARA CARRO ELÉTRICO

CAROLINA CALIARI RESIDENCIAL CLUBE

Características: apartamentos de 3 quartos com até 3 suítes e duas vagas de estacionamento. Coberturas a partir de 4 quartos personalizáveis e quatro vagas de garagem.  

Lazer: ao todo, são 42 itens, entre eles pub, choperia 24h, adega 24h, mini pista de boliche, bar molhado, spa.

Diferenciais: espaço para carregamento de veículos elétricos.

Localização: Itapoã, Vila Velha

Realização: De Castro Construtora

Valor: a partir de R$ 1.087.000

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin